sexta-feira, 25 de novembro de 2011



Não dá para assistir e não se emocionar com o primor da natureza e escrevi:

 
Regularidades da vida
Ciclos que se repetem há milhares de anos para manter a flora e a fauna em equilíbrio, uma multiplicidade de relações interespecíficas e intraespecíficas. Há animais que são efêmeros, vivem apenas um dia para cumprir a sua missão: a polinização de uma determinada planta, intimamente ligados dependentes da existência do outro para a perpetuação da espécie. Vendo o vídeo me pergunto: Nós, Homo sapiens, temos vida relativamente longa, principalmente devido ao desenvolvimento das tecnologias. Será que a nossa longa existência sem nenhuma consciência ecológica, mergulhados no consumismo, seria melhor para equilíbrio do planeta se fossemos efêmeros? Animais que deveriam ser “sapiens” perderam a essência, então: “Ora direis, ouvir estrelas, certo perdeste o senso. Eu vos direi, no entanto: enquanto houver, corpo e tempo e algum modo de dizer não eu canto” - Belchior.

By Sylvio Fernando Mattos Xavier da Silva

Nenhum comentário:

Postar um comentário

VISITANTES